AfrikaansArabicChinese (Traditional)DutchEnglishFrenchGermanHebrewHindiItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanishTurkish

Novo céu e Nova Terra e o fim do Cristianismo para uma Nova Era

Nova Terra Nova Era

O termo bíblico Novo Céu e Nova Terra, representa uma nova humanidade renovada, o retorno ao Eden, uma Nova Era de luz segundo explica Jesus com o simbolismo bíblico apocalítico.

Esta nova humanidade, sem os apegos dos tempos antigos da ignorância que prendiam os homens sob o julgo das imperfeições sistemáticas religiosas, que são as que vivemos agora.

Vamos entender que esta nova humanidade e futura civilização feliz já era prometida desde os tempos bíblicos, representando uma coletividade de almas ao qual com o Senhor fizera um pacto eterno de tende atravessar eras.

A Mulher do Apocalipse e a Lua

“E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.” (Apocalipse 12:1)

A “mulher” do apocalipse é simbolo da igreja pura e imaculada, vestida de sol, que simboliza a lúz depois das trevas, também é símbolo da era cristã de 2000 anos, materializado no culto ao sol, por isso que nesta nova era, o “dia do senhor”, passou a ser o “dia da ressurreição”.

Balphomed, muito cultuado pelos maçons é síbolo do judaísmo, com a lua acima e abaixo de suas mãos, a lua é símbolo da era judaica, a mesma que está abaixo da mulher do apocalipse. Os cultos antigos a lua, como no egito sempre representaram um culto do feminino enquanto o sol (masculino). Por isso este ídolo que representa a materialidade, possui um corpo feminino.

Novo céu e nova terra

A Era Mosaica

A era mosaica foi reprsentada como um carneiro para os judeus, é o animal que se oferece ao Senhor, enquanto o bode é utilizado sempre para expiação dos pecados.

Foi a era redigida pelo judaísmo, ou “lei”, na qual tinha a função de esperimentar os homens desta época na adoração primitiva devotiva ao criador. Imperfeita, más propícia á um período até a chegada da libertação espiritual com Cristo.

calendario eras cósmicos

A era cristã, também redigida por 2000 anos iniciada na época da vinda do Messias, possuía um atributo masculino. Representou o retorno aos primeiros dias de pureza espiritual pela adoração do culto ao sol, como foi nos períodos de apogeu espirituais de outras civilizações.

Não representa uma era perfeita, pois o próprio Messias afirmou que não teria dito tudo, dominada pelas instituições humanas ditadoras (catolicismo e protestantismo), tem s e arrastado até o final desta era cheia de erros e equivocos humanos que causaram mais morte e guerras do que qualquer outra.

Era cristã de peixes

A Nova Era ou Novo Céu e Nova Terra

“Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem com o seu resplendor a lua te iluminará; mas o Senhor será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória.” (Isaías 60:19)

“E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.” (Apocalipse 21:23)

– A nova era não representara mais as comunidades ao qual conhecemos hoje, repreentará uma só luz, com uma só espiritualidade no respeito mútuo entre os cultos religiosos que representa as escolas da sabedoria religiosas. Com a diferênça que todos se verão com irmão e não haverá mais o competitivismo religioso ao qual vemos hoje, fruto da ignorância e prepotência humana.

A reencanação será uma crença universal, dando a conscientização a todos do sentido “irmãos”, perante si e diante de toda humanidade como verdadeiros membros da grande família universal.

Nova era de aquario

Novo Céu e Terra

“E levou-me em espírito a um grande e alto monte, e mostrou-me a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu.” (Apocalipse 21:10)

“E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do meu trono, e o lugar das plantas dos meus pés, onde habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre; e os da casa de Israel não contaminarão mais o meu nome santo, nem eles nem os seus reis, com suas prostituições e com os cadáveres dos seus reis, nos seus altos,” (Ezequiel 43:7)

A nova humanidade renovada possuirá um intercânbia direto e sem as interpéries que esperimentamos hoje pelas falsas comunicações do plano espiritual. O Reino do Cristo presente na nova terra através de seus novos médiuns e guias de um novo mundo ao qual, nem mais a morte poderá vingar.

Por isso toda a cidade santa é representada com o número 12 (Apocalipse 21:12)que multiplicado por 12, dá 144, simbolizando a plenitude de uma humanidade.

Autor: Valter J.Amorim


Postagens Relacionadas

Crianças índigos – Uma nova humanidade para uma Nova Era

A Medicina da Nova Era

A Visão Espiritual para uma Nova Era

Cristianismo – A Religião única para uma Nova Ordem Mundial

Espírito do Santo de Deus ou do Santo em Deus ?

Leave a reply