AfrikaansArabicChinese (Traditional)DutchEnglishFrenchGermanHebrewHindiItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanishTurkish

A presença de Espíritos Extraterrestres em Centros Espíritas

Espíritos alienígenas em centros espíritas

Apesar de ser ainda um assunto polemico na doutrina espírita, sobre existência de seres ou até espíritos extraterrestres e o estudo da ufologia, pelos chamados “puristas”. Em si a doutrina codificada por Kardec não negava essas verdades, pelo contrário sancionava piamente essa questão, quando designava os espíritos como filhos de Deus, habitantes de diversos mundos pelo cosmos.

E se são espíritos por natureza, e porque não uma suposta interação com estes desencarnados ou desdobrados, á médiuns terrenos pela via da mediunidade ?

Essa dúvida é bem conclusiva, pela matéria ao qual deixarei aqui abaixo, explicada por um autor de um site esotérico New Age, ao qual em sua essência possui muita afinidade com o espiritismo kardeciano.

Uma Nova Visão

Estamos tratando da Transição Planetária atual e dos desdobramentos naturais das atividades da GRANDE FRATERNIDADE BRANCA e dos seus Servidores em todas as atividades humanas e não humanas(animais, minerais, vegetais e elemental ) em face das transformações no planeta Terra. O presente texto não visa de forma alguma levantar críticas ao espiritismo. Pelo contrário, somos infinitamente gratos à codificação de Kardec.

Entendemos que , como numa família, deveríamos sentar para discutir os pontos críticos para avançar adiante. É nosso desejo e aspiração avançar adiante sempre, aprendendo os novos caminhos e infinitos que são os caminhos do Espírito da Verdade.

Allan kardec e pluralidade mundos

Preconceitos e Limitações

 

Kardec codificou no Espiritismo, a existência dos espíritos dos homens como seres desencarnados; mas o espíritas não refletem a idéia de espíritos de seres ou espíritos extraterrestres que possam ter desencarnado na Terra. Kardec codificou o Espiritismo em 1857(publicação do Livro dos Espíritos); afirmando estar trazendo palavras novas para as coisas novas, já que naquela epoca não existia a palavra Espiritismo e Herculano Pires na Introdução do livro acima, afirma que sobre este livro se ergue a Doutrina Espírita – pedra fundamental do Espiritismo, o seu marco inicial;

Mas uma parte dos espíritas (puristas) acreditam na idéia de que o Espiritismo não pode mais evoluir e que tudo o que tinha a ser conhecido e sabido já foi revelado à Kardec.

Kardec codificou no Espiritismo a comunicação entre o mundo material e o espiritual e entre algumas obra – OBRAS PÓSTUMAS – se encontram relatos de seres terrestres(artistas famosos na Terra) morando em outros mundos do Sistema Solar; mas o espíritas estranham uma comunicação de um ser que se identifica como sendo de outro planeta ou vindo de outro planeta.

 

obras postumas

Espíritos em outros mundos

Kardec codificou no Espiritismo a aparência dos espíritos como sendo geralmente o da última encarnação; mas os espíritas estranham uma comunicação de um ser de aparência extraterrestre (talvez por ser de outras encarnações em outros mundos).

Kardec codificou no Espiritismo como papel do médium, canalizando mensagens de espíritos; mas o espíritas estranham que haja médium para canalizar mensagens de outros fontes – p.ex: seres mais evoluídos, que não se encontram desencarnados, apenas vibrando em outra dimensão.

Kardec codificou o Espiritismo com base nos ensinos dos “Espíritos” mas o espíritas relutam em acatar ensinamentos de “Espíritos” que se dizem Extraterrestres, afirmando que estes estão tentando confundir os médiuns, ou que são obsessores.

Exemplo: Vamos relatar um caso ocorrido no Plano Espiritual de um ser terrestre que visitava um Centro Espírita.

Não temos a autorização para citar nomes. Este ser era advogado em sua última encarnação na Terra .

Em visita a um Fórum, constatou um fato raro: a presença de um advogado médium no Fórum sem estar acompanhado por nenhuma entidade espiritual. Acompanhou aquele médium, vendo ali uma oportunidade de trabalho. Passou a seguir o médium, procurando uma oportunidade de se manifestar quando o mesmo comparecesse a uma reunião espírita. Tal se deu e este Advogado Desencarnado comparecer como observador ao Centro Espírita.

Vendo o desdobramento dos trabalhos da casa, observou do médium uma coisa completamente estranha a este espírito.

mediuns comunicantes espiritos extraterrestres

UMA ENTIDADE ALIENÍGENA- UM ET -, USANDO DOS FLUÍDOS DO MÉDIUM, TORNOU-SE VISÍVEL A ESTE ESPÍRITO DO ADVOGADO E MANIFESTOU-SE COM EXTREMA DIFICULDADE DE COMUNICAÇÃO.

Relata este espírito do advogado que o ET não foi nada bem vindo. Também os espíritos desencarnados se sentem ameaçados pelos ET’S, pois eles vibram numa faixa superior a dos Espíritos terrestres que se encontram presos à atmosfera da Terra.

o espírito do advogado disse que os espíritos que se encontravam no Centro Espírita, começaram a desdenhar o ET , que se manifestou com um pequeno sinal que causou estranho formigamento naqueles espíritos zombeteiros. Assim, o dirigente da Casa, pediu que o ET se afastasse para dar oportunidade a outro espírito de se manifestar.

Espíritos alienigenas

Foi então que este espírito do advogado se manifestou e foi bem recebido pelos médiuns e dirigentes da casa. Terminado os trabalhos da Casa Espírita, este espírito do advogado acompanhou o médium (ver no início) até a sua casa. Ao deitar, o espírito do advogado constatou que o médium foi assediado por espíritos perturbadores que lhe causavam tormentos e danos nos órgão físicos.

FOI ENTÃO QUE SURGIU o ET – A ENTIDADE ALIENÍGENA TORNOU-SE VISÍVEL E COMEÇOU A AGIR EM DEFESA DO MÉDIUM. O PEQUENO SER VERDE APRISIONOU AS ENTIDADES OBSESSORAS CAUSANDO LHES DANOS NOS SEUS PERISPÍRITOS DEIXANDO OS QUE FUGISSEM OU SOFRERIAM DE FORMA MAIS GRAVES.

Após esta cena que foi observada pelo espírito do advogado, ele, o ET e o espírito do médium conversaram grande parte daquela noite .



Postagens Relacionadas:

Dogmatizando o Espiritismo

Purismo Religioso e Doutrinário

As 16 Profecias Extraterrestres

Regresso de Espíritos aos seus Planetas de Origens

Tags:  Espíritos

Leave a reply